Em 25 de setembro de 2015

Com a chegada das temperaturas mais altas, a busca por ventiladores e ares-condicionados intensificam, diante a isso, você sabe quais são os prós e contras desses equipamentos?

Mais barato, sustentável e com consumo dez vezes mais baixo de energia, o ventilador soma vantagens de ser mais simples no processo de higienização, não acumula umidade e não espalha fungos no ambiente. Mas atenção, é importante manter o aparelho limpo e retirar a poeira acumulada regularmente.

Para quem não dispensa o frescor do ar-condicionado, esse tipo de equipamento também possui vantagem além do resfriamento do ar. Em cidades mais poluentes, eles auxiliam na purificação do ar – quando a manutenção do equipamento está em dia – e possuem um alívio maior dos dias quentes. Quem opta por esse tipo de equipamento ainda precisa lidar com o custo elevado, manutenção regular e a desumidificação excessiva do ar – o sistema de refrigeração retira a umidadde do ambiente, o que resseca as mucosas e diminuindo as defesas do organismo.

Você sabe qual são os prós e contras desses equipamentos? Qual deles é melhor para cada ambiente? E se tem riscos à saúde? Saiba mais no blog da Unique!

(Imagem: Folha de São Paulo)

Segundo reportagem de Tatiana Mendonça, para a Folha, “Bebês, idosos e alérgicos são os que mais se ressentem com o ar seco e frio. A alergista Ariana Yang – Hospital das Clínicas – recomenda que se evite mudanças bruscas de temperatura e o uso contínuo.

Então, qual é a sua escolha?

DÊ SUA OPINIÃO