Em 06 de junho de 2019

Além da função principal – oferecer suporte para televisores de tela plana -, o painel de TV tem uma parcela importante na decoração da sala de estar, como um coringa. É neste espaço onde as famílias e o amigos se encontram, unem-se para conversar, assistir filmes ou séries e realizar muitas outras atividades.

A peça está presente na maioria dos apartamentos. Mas, na hora de escolher o painel de TV ideal, diversas questões devem ser levadas em consideração, como o tipo de material, o estilo da sala, tipo e funcionalidade da TV, além da área disponível.

 

  1. Tipo de material

Além de pensar na estética e na aparência do painel, é importante levar em consideração características que acompanham cada matéria-prima, como resistência e durabilidade.

Madeira: mogno, cedro, carvalho e pinho estão entre as madeiras mais indicadas para a fabricação de móveis. Elas são resistentes e podem durar muitos anos quando dada a manutenção adequada. Lembre-se de exigir, sempre, madeira certificada!

MDF ou MDP: são placas de madeira reconstituída. Os painéis produzidos com esses materiais são revestidos por uma capa de madeira e podem durar anos. A principal vantagem está na praticidade do material.

Revestimentos: alguns painéis podem ser obtidos com o uso de revestimentos na parede, como pedras naturais, azulejos, porcelanatos, tijolinhos ou outros. A solução tem a vantagem de permitir inúmeras composições, mas exige um trabalho especializado.

 

  1. Estilo do ambiente

Mesmo simples, um painel chama bastante atenção no ambiente. Por isso, é preciso ter cuidado ao combinar diferentes acabamentos, cores e texturas na sala. Para não errar, siga o estilo presente no cômodo (industrial, minimalista, contemporâneo, rústico…), com peças que harmonizem com essa decoração. Ele deve combinar, por exemplo, com o rack. O ideal é que ambas as peças tenham as mesmas cores ou façam sentido juntas.

 

  1. Peso e tamanho da TV

O painel não pode ficar totalmente coberto pelo televisor. Esse erro pode ser evitado se você conferir o tamanho da TV antes mesmo de definir as dimensões do móvel. Na dúvida, procure por um painel que seja, pelo menos, 15 centímetros maior que a sua TV, seja em um modelo padrão ou construído sob medida. Outro ponto a considerar no momento da compra é o peso total do eletrônico.

 

  1. Funcionalidade

Se você precisa de área extra para guardar eletrônicos e outros objetos que ficam espalhados pela sala, opte por modelos equipados com gavetas, nichos e prateleiras. Alguns painéis também trazem compartimentos para esconder os fios dos aparelhos. Com eles, você não só decora a sala de estar com um belo material, como também desfruta de mais espaço de armazenamento para manter tudo organizado e no devido lugar.

 

  1. Área disponível

Assim como o material e o estilo, você precisa atentar para as medidas do ambiente onde o painel será instalado. Avalie a disposição dos móveis para saber se a configuração atual pode ser melhorada. Os televisores são grandes e, por isso, não devem ser mantidos muito próximos do campo visual do telespectador. Por conforto visual, a parede mais distante do estofado é a mais indicada para receber a peça.

 

Com informações de:
http://blog.lineabrasil.com.br/5-dicas-para-escolher-painel-de-tv-para-sala-de-estar/

DÊ SUA OPINIÃO